Hiato: Dicas do que fazer ao fim de aventuras de RPG

Muitas séries de TV que possuem diversas temporadas costumam passar por um período de hiato que é um intervalo entre uma fase e outra. Em mesas de RPG isso também é bastante comum por ene motivos que variam de um salto no tempo para que os jogadores e o narrador tenham tempo para rever o que aconteceu durante a história para um fim de arco de missões que permitirá que os personagens dos jogadores sigam seu caminho até que se reencontrem para novas aventuras.

Seja você é uma pessoa que joga RPG ou que narra alguma mesa, você também vai precisar de uma pausa na jogatina para descansar. RPG é um jogo que exige criatividade e todo ciclo criativo precisa de tempo para se recuperar. Por isso, eu elenquei algumas dicas do que você pode fazer entre hiatos no RPG para reabastecer as energias antes de um próximo arco. Sem mais delongas, vamos nessa que vai ser bom à beça!

Descreva a visão do personagem sobre as aventuras

Uma personagem de RPG possui uma perspectiva em relação aos eventos pelos quais ela passou e isto pode ser uma boa fonte de inspiração para realizar mudanças em sua trajetória. Seja uma habilidade nova para dominar ou uma forma diferente de lidar com alguma situação, a personagem tem vida própria que você controla até certo ponto.

Os eventos de uma mesa de RPG são aleatórios e isso surpreende todos os que estão envolvidos com a narrativa da história. O ponto de vista de personagens é o que guia a história que está sendo jogada e, por este motivo, é importante que jogadores e personagens tenham visões distintas de uma mesma situação.

Quais foram as lições que o personagem aprendeu?

As lições que um personagem aprende são pontos de resolução do conflito inicial de sua história. Um personagem em busca de vingança pode perceber que, depois de concluída, não há mais pelo que lutar e abandonar a vida de aventuras. Talvez aquela pessoa que foi destituída de suas posses pode ter sido protegida de uma maldição lançada sobre os nobres da região na qual vivia. O passado ruim de um personagem pode ter acontecido com a melhor das intenções, mas não justifica o trauma causado.

Entretanto, é possível que a personagem desista de sua vingança ou perceba que a vida é mais do que dinheiro e pessoas para lhe sirvam. A vida possui nuances que tornam algumas situações mais tranquilas do que outras e algumas um pouco mais intensas. Tudo na vida real nos ensina algo ainda que seja singelo e pode nos motivar a seguir em frente rumo a descoberta de coisas que não sabíamos sobre quem somos.

O que o personagem fez enquanto esteve longe do grupo?

Quando o hiato de fato acontece, cada personagem segue por um caminho diferente a fim de descobrir o que farão com as próprias vidas, uma vez que não são mais as mesmas pessoas do começo da jornada. É possível que aqueles que servem alguma ordem ou casa nobre retorne aos seus superiores para contar os seus feitos e receber as recompensas que lhes foram prometidas e, a partir disso, continuar seus serviços como vassalo ou militar enquanto outros vão apenas aproveitar suas férias para gastar o ouro de suas aventuras.

Muitos sistemas de RPG permitem que as personagens desenvolvam novas habilidades durante o tempo livre que possuem. Algumas vão aprender a manejar armas, outras vão se especializar em alguma perícia ou estudar algo que não dominavam tão bem. Seja qual for o caminho das personagens, os jogadores também podem pensar em como o RPG mudou a sua perspectiva em relação a alguns aspectos da vida por meio na história contada.

Reflita sobre o que a história lhe ensinou

A vida nos ensina uma lição todos os dias, mas nós, por outro lado, precisamos estar atentos a tudo o que acontece ao nosso redor para aprender coisas novas por meio dos eventos do cotidiano. Assim como as personagens de RPG aprendem muito durante a jornada por meio das viagens, das batalhas e das interações com pessoas de regiões diferentes de seu local de nascimento, nós que estamos no controle da personagem também aprendemos a lidar com as situações ainda que não façamos o que a personagem fez.

É incomum, mas há pessoas que criam personagens maus e ensinam outros jogadores que a maldade está em todos nós ainda que muitos consigam lutar e controlar estes instintos. Outros que criam personagens bons, ensinam que ser uma pessoa essencialmente boa não faz com que você se torne uma pessoa que se deixa levar por qualquer ideia que for apresentada para você. Vilões ensinam por meio de seus métodos, motivações e pontos de vista deturpados.

Exercite outros passatempos

RPG de mesa é um excelente passatempo para reunir os amigos e criar boas memórias em grupo, mas isso não pode ser o centro de suas atenções o tempo inteiro. Há muitas coisas no mundo e, entre aventuras de RPG você pode, e deve, fazer outras coisas para passar o tempo porque, ainda que você viva em sociedade, tenha amigos e familiares para dar atenção, é necessário que você tenha o seu tempo para fazer as suas coisas do seu jeito.

Algumas pessoas gostam de música, outras pessoas praticam esportes e tem aqueles que gostam de ler e aproveitar um bom café. Tem um tempo longe da jogatina e da aleatoriedade dos dados pode ser uma das coisas mais divertidas que podemos fazer para passar um tempo conosco. Então, para desenvolver um pouco mais de amor próprio, pense em coisas que você gosta e faça sem medo de ser feliz.

Hiatos entre mesas de RPG devem ser bem planejados ou, no mínimo, anunciado aos jogadores para que eles não se percam em meio ao caos que é lidar com tantas coisas da vida. Converse com o seu grupo, explique o motivo pelo qual o hiato está acontecendo e incentive-os a passar um tempo consigo porque autocuidado é algo indispensavelmente necessário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: