O Lamento de Miranda

Em meio a brisa gélida de uma caverna em um local desconhecido, uma mulher de aparência infernal revive seus piores pesadelos. Sem suas vestes nobres, ela é apenas mais uma criatura de pele púrpura em meio a muitas outras de sua terra natal. Ela não imaginava que as decisões que tomou a levaram até o que seria a herança de seu primogênito uma vez que ela não tem o que é necessário. Entretanto, uma segunda criatura acompanha a jornada solitária da plebeia pela qual um nobre se apaixonou.

Esta mulher é Miranda, uma das primeiras atendentes do Lábio Infernal de Inférnia que fora contratada por Jezabel, ou Bel para os mais íntimos, logo que a taverna foi inaugurada na capital corrompida. Miranda sempre almejou poder a qualquer custo, mas se via incapaz de fazer algo que não fosse limpar pratos e lavar o piso do estabelecimento no qual trabalhava. No entanto, o que ela não esperava era que ela seria uma das pessoas responsáveis pela organização de um evento para a Casta Necrossangue de Inférnia, uma das oito casas nobres da cidade.

A lista de convidados era enorme assim como a quantidade de pratos e aperitivos que deveriam ser preparados. Bel estava tranquila como sempre após lidar com alguns clientes que necessitavam de um nível de atenção mais intenso enquanto que Miranda estava perdida em meio as tarefas que precisava realizar antes da chegada dos Necrossangue ao Lábio Infernal. Quando os convidados começaram a chegar, Miranda ordenou que os servos desse início aos trabalhos e passou a coordenar a movimentação de deles.

Todos os habitantes de Inférnia sofrem com uma maldição dos Pecados Originais, o legado dos primeiros Aasimar Caídos da antiga Celéstia. Miranda despertou o Pecado da Ganância tardiamente no momento que viu um homem, também natural de Inférnia, com trajes finos e sob medida. Ele exibia seus títulos militares além de uma rapieira adornada que é entregue apenas para aqueles que realizaram atos de bravura em nome de Inférnia. Ele notou a presença da mulher e passou a observá-la.

No começo, nenhum dos dois pensou em falar um com o outro até que Jezabel foi abordada pelos pais do tal homem que estavam elogiando tudo o que havia sido feito segundo aquilo que fora requisitado. Neste momento, Bel chamou Miranda e a apresentou aos Necrossangue e ao homem que a observava: Capitão Humberto Necrossangue, o Profano da Benevolência.

Tudo o que Miranda viu nele era a possibilidade de possuir o poder que sempre sonhou e isto fez com que a sua ganância despertasse com voracidade. Não foi necessário muito tempo para que Miranda abracasse seu pecado por inteiro a fim de fazer o que fosse preciso para conseguir a atenção de Humberto porque, para ela, uma vez que ela estivesse casada com o primogênito dos Necrossangue de sua geração, haveria a possibilidade de saber a verdade por trás de cada uma das Castas Profanas de Inférnia tendo em vista que faria parte daquela que é considerada a mais poderosa.

Os anos se passaram. Miranda se casou com Humberto e deu a luz à quatro crianças. Tomas, o mais velho, herdou o pecado de sua mãe. Jônatas, o segundo dos filhos era o mais prepotente e arrogante dos irmãos despertando o Orgulho. Dante é o rebelde que abraçou a Ira de modo que nenhum outro Necrossangue havia feito. A caçula, Nyx, possui um gênio difícil de lidar porque as coisas precisam acontecer quando ela quer, do jeito que ela quer e porquê ela quer que aconteçam e isso a fez cobiçar aquilo que não lhe pertencia, despertando o Pecado da Inveja.

Cada uma das crianças cresceu e tomou seu caminho exceto por Jônatas que fora assassinado no aniversário de sua irmã caçula ao tentar interceptar aqueles que desonraram o nome de sua família ao acusarem Nyx de algo que ela não havia feito. Semanas depois, Humberto misteriosamente foi assassinado e a única testemunha no local era Miranda que estava em choque. A nobreza de Inférnia deu as costas aos Necrossangue após a morte de Humberto, mas isto estava acontecendo desde o momento que os negócios da família começaram a se desvalorizar por causa de alguns atos que Miranda jurava não ter feito.

Suborno. Contrabando. Contratos com mercenários. Tudo devidamente documentado e arquivado pessoalmente por Miranda para dar cabo da vida de Humberto e ter acesso à Cripta de Dahaka, o Primeiro dos Necrossangue e o homem que enganou os Pecados Originais a fim de transformar a antiga Celéstia em um poço de profanações.

Todos os erros por causa de sua ganância a trouxeram até o presente momento no qual ela está sendo consumida pelo poder que tanto almejava, mas sem o Sangue Profano de Dahaka, ela não pode controlar nem mesmo conter os poderes que pertenciam a Humberto e deveria ir de encontro com Tomas, o Primogênito Negrossangue desta geração. A criatura que está com Miranda continua observando a agonia da Tiefling que se corrompe mais a cada segundo. O tédio começa a tomar conta da criatura que começa a caminhar com dificuldade para fora da galeria onde Miranda está. A sua caminhada lembra uma espécia de miasma que deixa um rastro de escuridão.

– Você está pronta para o próximo passo, Grã Senhora Miranda, a Matriarca da Casa Necrossangue de Inférnia na Trindade Gerontocrática Infernal das Terras Minguantes. Elloran fez um trabalho muito bem feito, mas agora e hora da sua ascensão, Usurpadora de Dahaka. Erga-se como Arauto da Miséria e infecte as Terras Minguantes com a Escuridão da Essência Titânica de Ocaso. – sussurrou a voz trêmula e fraca.

Por meio da energia que lhe resta, Miranda envia uma mensagem para Dante, o único de seus filhos que permanece leal à ela.

– Dante, perdoe-me pelo que eu fiz contigo, meu filho… Eu sei que não há muito o que posso fazer agora, mas isto é necessário para corrigir os erros que cometi durante a vida. Imploro que elimine seus irmãos e acabe com nossa linhagem corrupta e profana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: