Não complique as coisas

O cotidiano das pessoas é bastante intenso. Cada um sabe quais são suas responsabilidades e precisa cumprir com cada uma delas para que possa seguir em frente com seus planos, sonhos, objetivos sejam eles quais forem. No final das contas, o que realmente importa no fim do dia é que as coisas aconteceram e que o melhor foi feito. Pelo menos é isso que todos querem que acreditemos na maior parte do tempo, mas eu vejo as coisas de um ponto de vista particular: as coisas não deveriam ser tão complicadas como dizem que são e, na verdade, tudo é muito simples.

É um pensamento otimista achar que as coisas são simples? Com certeza. Por que raios eu penso que tudo na vida é simples? Porque meus pais me ensinaram a enxergar a vida de uma maneira que, estranhamente, tornam as coisas muito mais simples do que elas realmente são. Claro, algumas coisas levam mais tempo do que outras para serem concluídas, mas isso não as tornam complicadas de serem realizadas. A simplicidade das coisas está no passo a passo e você precisa de duas coisas para construir qualquer outra coisa que desejar: disciplina e organização.

Bruno, como assim você só precisa dessas coisas para fazer qualquer outra coisa na vida? E as necessidades básicas que a gente tem que lidar no dia a dia?. Pessoa, se é básico, você já faz. Você respira, você se locomove, você come, bebe, coloca em dia suas necessidades fisiológicas. O que eu estou dizendo é que você precisa apenas de um pouco de disciplina para se manter na linha e de organização para compreender para onde você está indo e onde você está. Vou contar uma história da minha vida que aconteceu a cerca de dez anos.

Eu estava me formando no ensino médio que era integrado a um curso técnico de informática focado em desenvolvimento de softwares e eu já estava pensando no que eu faria com o meu futuro quando eu terminasse meu curso em dois anos. Em paralelo a isso eu estava fazendo aulas particulares de inglês, além de cursos paralelos para complementar a grade técnica do meu curso principal. Um dia eu estava parado nos corredores da escola quando um professor me abordou e perguntou no que eu estava pensando. Eu falei para ele sobre meu futuro e tudo mais. Ele me levou até a sala dele, me mostrou currículos de diversos lugares e, por fim, disse que eu teria perfil para um dia trabalhar na mesma equipe que ele. Após três anos, ele foi o responsável por me dizer que eu havia passado no concurso para trabalhar na mesma equipe, mas em outro campus.

Eu precisei estudar muito mais do que eu achei que precisaria, eu tive que passar algumas noites em claro para conseguir desenvolver minhas piores habilidades e eu foquei em aprender as coisas às quais eu percebi que eu tinha vocação. Eu descompliquei a minha vida quando eu decidi focar naquilo que parecia simples e natural para mim porque foi exatamente isso que os meus pais me ensinaram quando eu era criança: Bruno, você precisa fazer aquilo que você gosta e estudar o que for bom para você porque o seu conhecimento é o único bem que jamais poderão tirar de você.

Certo, este é um resumo muito grande de dez anos da minha vida porque muitas outras coisas aconteceram e você pode acompanhar nos outros Semanários também. Como eu já disse outras vezes, aqui é o espaço mais íntimo para que eu fale com você e para que você fale comigo também. Enfim, voltando ao ponto, quando você dá um passo de cada vez em sua vida, as coisas ficam mais simples para que você execute as coisas que você quer. Isso parece complicado, mas eu vou te ajudar a descomplicar assim como me ajudaram.

Você precisa ter em mente onde você está e onde você quer chegar. Sabendo o começo e o fim, você só vai precisar dos degraus para subir um degrau de cada vez. Exemplo simples do dia a dia: quando você vai enviar uma mensagem, você procura o contato da pessoa que vai receber, abre a conversa, digita a mensagem, aperta o botão de enviar e aguarda a confirmação de resposta. É um processo assim como qualquer outro processo que tem um começo, um meio e um fim. Escalar isso para outras áreas da sua vida não é complicado e algumas perguntas podem te ajudar a saber o que fazer.

  • O que você quer fazer?
  • Para que você quer fazer isso?
  • Onde é que isso vai te levar?
  • Quando você quer que isso aconteça?

Quatro perguntas simples que podem te dar um objetivo claro para que sua rotina fique muito mais simples. Ninguém precisa de algo extremamente complexo para desenvolver uma ideia que precisa de passos simples. Quanto mais etapas você conseguir simplificar, muito mais fácil será sua jornada para alcançar seus objetivos.

A vida é cheia de etapas. O nosso dia a dia é cheio de pequenos passos para chegarmos a qualquer lugar e essas coisas estão enraizadas em tudo o que fazemos. Acordar, tomar café da manhã, escovar os dentes e dar início aos trabalhos do dia para que voltemos para a casa com a sensação de missão cumprida. Nós tornamos as coisas na vida simples como qualquer outra e temos que encarar a realidade da vida como ela realmente é, aprender a cada dia, nos adaptarmos às mudanças para que consigamos seguir em frente.

Quando você quer construir ou criar algo seja por causa de um passatempo, seja um projeto pessoal ou qualquer outra coisa que seja importante para você, pare e pense no que você quer para a sua vida e não tenha medo de fazer o que for preciso, sem prejudicar ninguém, para chegar onde você deseja. Muitos dizem que o mundo é dos espertos, mas ele é das pessoas que sabem simplificar e facilitar a vida de outras pessoas por meio de suas ideias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: