Ficção Realista: Inspirações de problemas reais em cenários de jogos

A realidade e a ficção caminham lado a lado. Muitas coisas que nós vemos em filmes, séries e animações são inspiradas em eventos passados, personagens históricos ou conceitos da filosofia em geral. Seja uma jornada do herói épica, um documentário bibliográfico ou uma pessoa responsável por uma série de crimes, obras de ficção se baseiam em coisas que acontecem no dia a dia. Você já considerou usar isso em seus jogos?

Seja como narrador de RPG, modelador 3D ou desenvolvedor de jogos, eu sempre utilizo inspirações do dia a dia para criar algo fictício ou retratar eventos reais por meio de pontos de vista distintos nos meus personagens. Por meio disso eu tenho um leque de mundos para rabiscar e tenho cinco dicas para te ajudar. Sem mais delongas, vamos nessa que vai ser bom à beça!

Leia notícias sobre o mundo

O nosso planetinha azul tem muitas coisas acontecendo a cada segundo. Pessoas trabalhando, crianças estudando e jovens se divertindo. Ao mesmo tempo existem políticos cometendo atos de corrupção, bandidos realizando assaltos e empresários usando de sua posição de poder para passar por cima das leis e, muitas vezes, manipulando pessoas para que satisfaçam seus desejos, sejam eles quais forem. Tudo isso é noticiado e muitas dessas coisas geram repulsa, mas podem ser aproveitadas se você abordar o assunto com cuidado.

Se informar sobre as coisas que acontecem no mundo pode te deixar ainda mais atento aos eventos que podem acontecer com base no que está acontecendo. Ter uma noção básica de como as coisas fluem no mundo pode te dar inspirações para criar além de aprender sobre como as pessoas do passado superaram problemas que acontecem no presente.

Pesquise biografias

“A história é escrita pelos vencedores.” Esta frase é atribuída a George Orwell. Tudo o que vemos em livros de história conta apenas o lado daqueles que venceram as guerras e sobre legado dos mártires que inspiraram novas lutas. A história das pessoas que vencem são lindas, mas e quanto aquelas que perderam? Você, em algum momento, já pensou em como ficou a Alemanha depois da Segunda Guerra Mundial ou leu sobre o assunto? E quanto a pirataria? Sabia que a pirataria chinesa era ainda mais poderosa do que a caribenha?

Nomes históricos como Malcolm X e Martin Luther King Jr. inspiraram os quadrinhos dos X-Men da Marvel Comics. De um lado, o Professor Charles Xavier acredita que humanos e mutantes podem conviver pacificamente em uma sociedade que garante direitos iguais a todos eles. Em contrapartida, Erik Magnus Lehnsherr, o Magneto, acredita que é preciso usar da violência para alcançar tais direitos uma vez que os mutantes são o próximo passo da evolução humana. Este é apenas um dos muitos exemplos de como a história inspirou a ficção.

Estude eventos históricos

A Ubisoft, uma das maiores produtoras de jogos do planeta, foi a responsável por usar a história do mundo de maneira esplêndida na franquia Assassin’s Creed. Desde o primeiro jogo que se passa durante a Alta Idade Média até eventos da Inglaterra Vitoriana e da Segunda Guerra Mundial em Assassin’s Creed Syndicate. Toda a franquia é uma ficção baseada na teoria do DNA de Tripla Hélice que faz com que carreguemos as memórias de nossos ancestrais até o ponto no qual eles dão vida ao seu filho que se torna nosso ancestral mais próximo.

O trabalho histórico de alguns jogos é impressionante para mesclar realidade e ficção. As pessoas com consomem tais conteúdos passam a ter uma percepção diferente sobre o assunto e podem se interessar ainda mais para aprender sobre o que é tudo aquilo na história da humanidade. Assim como o passado tem muitas histórias interessantes, as pessoas que convivem contigo no dia a dia também possuem histórias que podem ser tão inspiradoras quanto.

Ouça histórias de pessoas próximas

As pessoas que vivem e convivem contigo possuem histórias para contar. Essa é uma das melhores coisas de viver em sociedade: você pode conversar e ouvir as histórias de seus amigos, familiares, colegas de trabalho e de escola além de seus professores, mestres e, caso você seja da trupe dos extrovertidos, de alguma pessoa que trabalha em alguma loja com a qual você fez amizade. Todo mundo tem alguma história para contar, mas você está aberto a ouvir o que as pessoas têm a dizer?

No momento em que você se abre para ouvir as histórias de outras pessoas elas vão se interessar pelas suas histórias na maioria dos casos. Durante este compartilhamento de experiências, você vai aprender muito sobre o que é fato e o que é mentira porque as pessoas costumam aumentar aquilo que é verdade para dar um tom mais cômico ou dramático à narração. É neste ambiente que algumas obras trabalham para nos revelar eventos de nosso passado.

Obras baseadas em fatos

Quantas obras de ficção como filmes, livros, séries e documentários não retratam eventos de nossa história de uma maneira realista com um tom ficcional para nos transmitir a sensação de como seria viver dentro do contexto apresentado sobre aquela época? O número de conteúdos ficcionais baseado em fatos de um passado próximo ou distante é alto e muitos deles possuem uma carga pesada para que possamos sentir um pouco do que as pessoas sentiram durante o período que é retratado.

Acho que um dos melhores exemplos disso é o filme Até o Último Homem (2017) que conta a história de Desmond T. Doss, um soldado médico do exército norte-americano que lutou na batalha de Okinawa e salvou mais de 75 homens. Ele foi condecorado pelos seus atos como Opositor Consciente, um soldado que segue princípios que vão contra o combate em serviços militares e Forças Armadas em geral. Inspirador, não?

A história da humanidade, seja no persente ou no passado, pode ser um bom paralelo para obras de ficção de qualquer gênero. Sejam elas escritas, cinematográficas, em jogos de mesa ou eletrônicos, se você se dedicar a aplicar isso, é possível que você ensine e aprenda muito por meio delas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: