Os Cultos e as Culturas

As pessoas quando ouvem a palavra culto, geralmente consideram algo relacionado a religião, mas eu compreendo como o fato de alguém que possua algum tipo de erudição. Todo mundo tem cultura com base em suas experiências e isso, a meu ver, torna uma pessoa inteligente. Muita gente acha que ser culto é ler sobre muita coisa e estar informado sobre tudo, só que existem muitas formas de ser uma pessoa inteligente. Eu não sou especialista em educação nem nada do tipo, mas sei que as pessoas possuem habilidades e conhecimentos distintos ainda que tenham sido criadas pelos mesmos pais.

Ainda é comum que as pessoas considerem que apenas aqueles com diplomas e certificações são considerados inteligentes. Quantos universitário não são, literalmente, humilhados por professores que arrotam seus títulos quando são contrariados ou quando passam alguma informação errada ou equivocada e algum aluno o corrige? Do que adianta ter tanto conhecimento e não ser humilde o bastante para ensinar em vez de humilhar e ficar batendo no peito para demonstrar superioridade. Não é porque você leu e dominou algo que aquilo vai ser uma verdade para todo o sempre. O mundo muda, as pessoas mudam e a natureza das coisas se alteram e para continuar culto é preciso entender o que é cultura.

Existem diversos tipos de cultura quando se trata de pessoas. A cultura de alguém depende muito do ambiente e do círculo social de cada pessoa. Só porque alguém desconhece algo que faz parte da sua vivência, não te dá o direito de chamar a pessoa de sem cultura. Eu, por exemplo, conheço muito sobre jogos, tecnologia e formas distintas de falar com pessoas diferentes porque meus pais eram comerciantes e eu cresci jogando e estudando informática desde a minha infância. Isso não faz com que eu seja menos inteligente do que qualquer outra pessoa.

Uma pessoa verdadeiramente culta é aquela que domina e conhece alguma cultura seja ela qual for. Eu não posso falar das crenças de outras pessoas, então é melhor que eu fale das minhas assim como todo semanário, não é mesmo? Por ter sido criado por pais que são comerciantes, eu aprendi cedo a conversar com as pessoas, contar histórias e influenciá-las. Em paralelo a isso, eu fui instruído a estudar e entender como as coisas funcionam porque existem padrões em tudo o que se trata de negócios, projetos, ideias e afins.

A minha cultura por causa de minha família é sobre negócios, projetos e organização. A cultura do que eu estudei é sobre resolver problemas otimizando processos por meio da tecnologia. A cultura dos meus passatempos é baseada em séries, filmes e coisas baseadas em ficção. Eu tenho o mínimo de domínio sobre essas coisas e isso me torna uma pessoa culta tais assuntos. Minha cultura é baseada nestes ambientes nos quais eu vivi e minha curiosidade me tornou quem sou. A questão é: o que adianta ser uma pessoa culta se você é incapaz de respeitar a cultura de quem está perto de você?

Não existe nada pior do que conhecer alguém que se acha superior por saber algo que você não sabe. Como eu disse, isso acontece muito em ambientes universitários, mas não é apenas nesses lugares que se encontram pessoas arrogantes. Quantas vezes, em um ambiente de trabalho, enquanto você ainda está aprendendo sobre a cultura da empresa, algum superior não ficou menosprezando alguém que foi recém-contratado ou algum estagiário que está lá para aprender? É triste saber que há pessoas assim, mas o lado bom é que sempre haverão pessoas dispostas a ensinar o que sabem para outras pessoas sem hesitação.

Quando você é uma pessoa culta, é normal que você se abra para ensinar alguém da melhor forma que conseguir passando detalhes e macetes para que a pessoa seja tão boa quanto ou melhor do que você. Pessoas cultas, aquelas que realmente fazem parte de uma cultura e compreendem que nem todo mundo vai ter o mesmo conhecimento que ela, estarão sempre dispostas a prestar auxílio. Eu tive uma pessoa assim no meu primeiro estágio e todas as coisas que eu aprendi com esta pessoa eu aplico hoje no Rabiscando Mundos e com as pessoas que querem aprender alguma coisa comigo.

Sabe, eu conheço o ambiente acadêmico e muitas informações deveriam ser divulgadas de forma que qualquer pessoa que ler um artigo científico consiga replicar o estudo que foi feito. No mercado de trabalho, a situação é muito diferente porque as empresas adotam uma forma militarizada de hierarquia e isso é nocivo para muitas pessoas. Não é porque uma pessoa que está em um cargo de liderança e conhece a cultura da empresa que, por consequência, você seja a melhor pessoa para comandar uma equipe. Uma cultura de hierarquia é boa para quem segue ordens sem questionar, não para aqueles que questionam por terem pensado em uma solução diferente.

Esses exemplos de pessoas cultas e arrogantes não deveriam ser tão comuns quanto são. É como se o ego da pessoa falasse mais alto do que qualquer coisa e isso é perigoso porque pode tornar toda a cultura dela em algo tóxico para quem convive com ela. Tal ato pode tornar uma pessoa com potencial de crescimento em alguém que desiste aprender e de se tornar uma peça chave dentro do ambiente no qual se encontra. Talvez, algum dia, as pessoas aprendam que inteligência deve ser usada para o bem.

Seja você uma pessoa culta ou alguém que abraça várias culturas, saiba que você tem uma responsabilidade extremamente importante com as pessoas: torná-las melhores do que você não porque você quer ser lembrado pelo que faz, mas porque você quer com que o mundo de cada coração que você toca torne-se um lugar melhor. Culturas devem ser transmitidas com amor, atenção, carinho, afeto e paixão. Ensinar algo para tornar outras pessoas cultas é algo tão importante quanto aprender algo novo. Quando você ensina, você passa adiante a sua cultura e aprende a cultura de outro alguém tornando-se ainda mais culto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: