Até que ponto primeiras impressões importam?

Eu confio muito nos meus instintos, mas eu jamais vou levar em conta a primeira impressão que eu tenho de alguém. Isso soa estranho porque eu também acredito que você nunca terá uma segunda chance de causar uma boa primeira impressão. Contraditório como qualquer ser humano complexo deste planetinha azul e redondo? Sim, mas é uma realidade: ainda que a primeira impressão seja importante, ela deixa de ser relevante alguns minutos depois caso a pessoa esteja mentindo.

Impressões são coisas que criamos em relação a algo ou alguém em um primeiro momento. É quase como um preconceito em seu sentido literal de conceito prévio sobre algo ou alguém porque o mundo é cheio disso e faz parte da natureza humana agir desta maneira. Alguns estudos apontam que as pessoas levam cerca de um minuto e meio para decidir inconscientemente se gostam ou não de outra pessoa. Isso me fez questionar se realmente as primeiras impressões importam, então decidi contar para você algumas histórias que já podem ter acontecido contigo.

Antes de começar as histórias, eu acho que vale dizer que são coisas que aconteceram comigo durante a vida e essas são coisas que precisamos parar e pensar porque a pergunta que eu pretendo responder ao fim dessa reflexão sobre a vida, a verdade e o universo é bastante simples: até que ponto realmente vale a pena levar em consideração as primeiras impressões que você tem sobre algo, alguém ou alguma coisa que você acabou de ter contato e mal experimentou?

A escola, mais especificamente o ensino médio, é a fase da vida pela qual todos temos que passar e é lá que aprendemos a conviver com as pessoas de verdade. Desde crianças somos instruídos a ficar unidos e a fazer amigos, mas parece que no ensino médio nós aprendemos as primeiras lições sobre preconceitos, bullying e segregação. Ainda que seja um período de muito aprendizado e experiências, nem todas as lições são fáceis de aprender e algumas experiências poderiam ser diferentes.

Certa vez eu estava na escola conversando com um colega de classe que, até então, sempre havia me tratado como qualquer outra pessoa. De repente, totalmente fora de contexto, ele me disse que jamais ficaria com uma mulher preta. Eu não sei se vocês sabem, mas eu sou preto. Na hora eu não percebi, mas me senti desconfortável com o comentário. Alguns meses mais tarde ele começou a fazer piadas com o tom da minha pele só confirmando o óbvio sobre o racismo que ele nem se esforçava para disfarçar.

A primeira impressão que eu tive desta pessoa quando eu a conheci foi simples: uma pessoa inteligente que gosta de conversar com todo mundo. Conforme o tempo foi passando, o mundo continuou girando e eu notei que as coisas não eram como que achei que eram. Desde então eu deixei de me importar com as primeiras impressões que as pessoas estão tentando deixar e meu foco vai para aquilo que elas tentam esconder. Gosto pessoas que mostram quem realmente são porque poupa muito do meu tempo.

Outra situação que aconteceu comigo foi durante um emprego que eu tive a algum tempo. Um colega ficou com um cargo que eu recusei porque eu não estava disposto a ter mais dor de cabeça para ganhar praticamente o mesmo salário. Menos de vinte e quatro horas depois o inferno na minha vida começou porque, mesmo eu cumprindo com todas as minhas funções e tarefas, a pessoa insistia em continuar dizendo que eu não trabalhava além de sempre tentar me humilhar e me difamar na maior parte do tempo que tinha livre. Isso só parou quando eu ameacei dar início a um processo por assédio moral.

Quando chegou, a pessoa era educada, focada no que estava fazendo, mas com o passar o tempo demonstrou ser uma pessoa folgada e que pouco se importava com a forma que as pessoas se sentiam. Para quem percebia como a criatura agia era desconfortável dividir o mesmo ambiente que ela e quem apoiava o que ele fazia vivia rindo de tudo o que ele dizia e fazia. Eu tive a sorte de ter tido um amigo que me ajudou a me livrar daquele maldito problema de vez.

Nem tudo é ruim na vida, sabia? Eu conheci um grupo de pessoas que realmente aceitam as pessoas como elas são sem ficar julgando ou fazendo qualquer tipo de humor que humilha ou maltrata alguém direta ou indiretamente. Hoje em dia essas pessoas são meus amigos mais próximos ainda que eu não fique grudado neles o tempo todo. Eles me salvaram de mim mesmo quando eu mesmo não percebi que precisava ser salvo. Laço de sangue jamais definiu família e isso é algo que eu sempre vou carregar comigo pela eternidade.

Quando olhamos para uma pessoa pela primeira vez, a aparência dela nos impacta em um primeiro momento. Quando vamos falar com uma pessoa depois desse primeiro momento é quando vamos realmente compreender mais sobre quem a pessoa é. A convivência com a pessoa vai definir se vamos nos relacionar em algum nível com ela e isso pode acabar ou não em um relacionamento mais íntimo ou apenas como colegas. Por isso que eu quero deixar claro que sim, primeiras impressões importam assim como a sua aparência é tão importante quanto a sua competência, no entanto, você não deve colocar suas primeiras impressões acima de quem a pessoa demonstra ser no dia a dia.

Quando você conhecer alguém, se dê ao trabalho de ir além das aparências. As pessoas possuem uma história, carregam traumas e algumas pessoas estão se curando de cicatrizes de coisas que por anos elas não conseguiram resolver consigo mesmas. Aceitar as pessoas e ajudá-las as melhorarem é extremamente importante e faz parte da jornada da vida que compartilhamos com os bilhões de seres vivos deste mundo. Suas impressões podem e devem mudar com o passar do tempo pois é um sinal de evolução e não permita que suas impressões limitem o quanto você realmente aprecia alguém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑