O que fazer quando as coisas saem do controle no RPG?

Sabe quando alguém está seguindo o GPS e, de repente, este alguém decide mudar o caminho e a voz do GPS anuncia que está recalculando a rota? Imagine que o GPS é sua aventura de RPG e que o tal alguém é o seu grupo de jogadores. Imaginou? Excelente. Jogadores de RPG são imprevisíveis e isso pode fazer com que você mude toda a sua aventura.

Ainda que você conheça o seu grupo de jogadores, todo o seu planejamento de aventura pode ir por água abaixo se você não conhecer bem o cenário que você está narrando ou não dominar o sistema que estão jogando. Por este motivo, eu listei cinco dicas sobre o que fazer quando as coisas saem dos planos no RPG. Então, sem mais delongas, vamos nessa que vai ser bom à beça.

Peça um teste coerente com a situação

Você está descrevendo uma cena para o grupo. Em determinado momento você para a narração de deixa que eles decidam qual será a melhor abordagem para o problema apresentado. Eis que um jogador encontra uma solução que nem mesmo você havia planejado e é algo que pode resolver a situação se uma maneira simples. Você, como narrador, não pode forçar que todos resolvam os problemas da mesma maneira que você achou que deveriam ser resolvidos.

Uma maneira justa é permitir que o jogador use o que pensou da maneira que achar melhor. Seja conjurando uma magia, utilizando alguma ferramenta ou qualquer outra coisa que veio a mente dele assim como você pode propor um teste que seja adequado para a situação que vai mudar de acordo com o contexto no qual o grupo estiver inserido. Se você não sabe o que fazer para dar a palavra final, peça ou faça um teste.

Não limite a criatividade dos jogadores

Alguns jogadores realmente pensam e vivem fora da caixinha e isso costuma render cenas incríveis nas mesas de RPG. Seja um momento de descontração ou em uma situação na qual a vida dos personagens está em risco, é importante que você deixe que os jogadores façam aquilo que eles considerarem melhor sem dizer se o que estão fazendo é fácil ou difícil. Uma das coisas mais importantes do RPG é permitir que seus jogadores encontrem as soluções por conta própria.

É bastante comum que essa criatividade do grupo mude as coisas que você havia planejado para a aventura que está se desenvolvendo a cada sessão, mas você jamais poderá limitar as ações dos seus jogadores. Cada pessoa pensa em uma solução diferente para o mesmo problema e isso é o que torna a vida algo tão belo. Então por que você vai obrigar seus jogadores a seguirem um caminho que eles não querem? Deixe que eles resolvam tudo da forma que lhes convir.

Aceite que você não pensou em todas as soluções

Ainda que você prepare todas as coisas possíveis do cenário ou que você crie as mais mirabolantes armadilhas do mundo e coloque desafios perigosos para que o grupo dê tudo de si para que possam superar cada um deles, você jamais vai conseguir pensar em tudo. Isto é um fato. Aceite. Vida que segue. Por mais que você seja um narrador experiente, será impossível você pensar em todas as soluções.

No momento que algum jogador apresentar uma solução criativa, incentive-o a seguir em frente com a ideia mesmo que no final a ideia não funcione como ele imaginou. Uma mesa de RPG precisa ser divertida para todos os participantes. Se algum jogador conseguiu pensar em uma resposta mais simples para um problema da aventura, é possível que ele conheça o seu universo tão bem quanto você.

Conheça bem o seu cenário

Quando dizem que quanto mais você conhece algo é melhor para você as pessoas não estão de brincadeira. Trazendo esta afirmação para o RPG, você precisa conhecer muito bem o universo que você criou ou que ainda está criando para uma situação extremamente específica: seus jogadores podem decidir ir para um lugar que não estava planejado na aventura que você escreveu para o dia e isso vai frustrar tudo o que você planejou.

Sendo você o narrador da mesa, você não precisa saber o nome de cada um dos personagens que vivem no seu mundo, mas é sempre importante ter algumas figuras-chave nas cidades, vilarejos e estradas do seu cenário. Se por acaso os seus jogadores viajarem para alguma região em especial que não estiver na aventura, você vai precisar utilizar a habilidade mais importante para qualquer narrador de RPG: o improviso.

Aprenda a improvisar

Você não tem a necessidade de escrever tudo o que vai acontecer na sua mesa. É possível montar uma sessão de RPG em metade de uma página de qualquer editor de texto e isso é algo que vai facilitar sua vida enquanto narrador porque quanto menos você escreve, maior é a sua capacidade de improvisar pelo simples fato de você não ter que ficar consultando um roteiro. Se seus jogadores precisam pensar em algo na hora para resolver o problema, por que você fatia diferente?

Saber improvisar é extremamente importante quando um jogador decide que vai comprar algum item ou interagir com um guarda da cidade. Talvez a criança órfã que veste trapos que mal podem ser considerados peças de roupas tenha um apelido que as pessoas deram para ela por não saberem qual é o seu nome e você será o responsável por pensar como esta criança caso algum jogador pare para conversar com ela. Quando você improvisa, a regra principal é seguir o ritmo da cena e não negar nenhuma ideia que surgir por mais imbecil que ela pareça.

Mudanças de planos em um RPG podem acontecer por muitos motivos. A saída de um jogador do grupo, a morte prematura de um personagem ou uma decisão de última hora sobre o destino da próxima viagem. A importância de um plano B ou C é grande, mas se você improvisar, as coisas podem ficar muito mais interessantes para todo mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑