Como você usa o seu tempo?

O único recurso do mundo que não podemos recuperar na vida é o tempo. Tudo o que fazemos exige tempo. Para ter uma boa noite de sono, é necessário dormir ao menos oito horas. Se você deseja ter um corpo funcional, é preciso fazer atividade física pelo menos três vezes por semana. Caso você queira aprender alguma coisa é preciso de, no mínimo, vinte horas para que você possa se considerar minimamente bom no que faz. Tendo tudo isso em vista, me veio uma dúvida que levou a este semanário: como você usa o seu tempo?

Há pessoas no mundo que são naturalmente organizadas. Elas sabem tudo o que precisam fazer, quando precisam fazer, para quem precisam fazer e não precisam de esforço algum para isso porque é natural para estas pessoas fazerem as coisas assim. Por outro lado, existem aquelas pessoas que precisam anotar tudo para que não se esqueçam de nenhuma tarefa e, algumas vezes, acabam deixando alguma coisa para trás, o que é comum, afinal, ninguém é perfeito. Aí tem o grupo de seres humanos que não conseguem se organizar de modo algum e isso costuma ser um problema grave.

Pessoas que conseguem se organizar minimante possuem mais tempo livre do que as pessoas que procrastinam. Por mais incrível que pareça, quando você tem horários para fazer suas coisas, sua saúde é melhor, seu tempo é mais bem aproveitado e é possível manter uma rotina mais tranquila no seu dia a dia. Quando você vai deixando tudo para última hora e as coisas começam a acumular, você acaba tendo que fazer praticamente tudo ao mesmo tempo e qual é o resultado disso? Exatamente: nada vai ficar bem-feito.

Certo, eu falei sobre organização e procrastinação que são duas das coisas que separam adultos de crianças. Agora vamos para as coisas que fazem de você uma pessoa mais esperta que é o estudo. Eu não estou falando de diplomas universitários aqui porque, no final das contas, quando você se forma, tudo o que você aprendeu já está ultrapassado. Eu estou querendo dizer que se você aprender algo novo no seu tempo livre, você pode estar mais próximo de se tornar uma pessoa que tem senso crítico e que não acredita em qualquer coisa.

Quando investimos nosso tempo em alguma leitura que nos cativa, estamos naturalmente nos informando sobre algo que poderia ser usado para nos enganar caso alguém com a informação tivesse a intenção de causar algum tipo de dano as nossas vidas. Pense bem: quantas vezes as pessoas não foram usadas como massa de manobra para objetivos pessoais de pessoas com poder? Certamente haviam pessoas sendo pagas para gastar o tempo delas espalhando notícias, boatos e milhares de informações que levaram a este resultado. Quando você tem o interesse pela verdade, seu tempo de leitura costuma se tornar uma pesquisa abrangente.

No meu tempo livre, além de jogar alguns jogos e conversar com as pessoas que estão ao meu redor, eu gosto de contar histórias, tocar violão, desenhar em folhas de sulfite, assistir filmes e séries, dar atenção para meus animais de estimação, tomar um café fresco, cozinhar, dançar. Há muitas coisas que eu faço quando eu tiro um tempo para me cuidar. É fundamental que façamos coisas para nós e por nós porque a nossa saúde, mental e física, sempre deve vir em primeiro lugar em qualquer situação o que me leva ao ponto mais doloroso: pessoas que são perda de tempo.

Todo mundo já teve, ou terá, alguém na vida que vai exaurir seu tempo e seus recursos sem que isso seja perceptível. É como se alguém começasse a drenar seu sangue e lentamente você começa a perder a consciência de uma forma prazerosa como o beijo de um vampiro. No entanto, quando você acorda, percebe que tudo o que você fez poderia ter sido evitado com um simples “não”. Claro que na hora você não percebe, mas depois que você aprende a lidar com esse tipo de pessoa, situações assim se repetem apenas se você quiser que aconteçam.

Por outro lado, sempre haverão pessoas em sua vida com as quais o seu tempo será tão bem aproveitado que você jamais terá do que reclamar. Tudo o que você vê e sente ao redor das pessoas é tão profundo que, sempre que possível, você despenderá parte da sua agenda, caso tenha uma, para se reunir com esse pessoal para que vocês passem algumas horas juntos. Amigos, família, amores e qualquer tipo de relacionamento que você tenha e que te faça bem é um tempo bem investido em memórias que ficarão eternizadas.

De todas as coisas que nós temos em nossas vidas, as melhores são as memórias. Elas são as experiências que nos marcaram e nos fizeram crescer. Sejam elas boas ou ruins, a pessoa que você era tomou as decisões que tomou por um motivo que, para a época, fazia sentido para ela. É por isso que dizem para que não nos apeguemos ao passado porque, em alguns casos, podemos ficar presos a algo do qual não conseguiremos se livrar. Sua vida sempre vai seguir em frente e seu tempo não volta. A única coisa que você pode fazer é evitar situações que te coloquem na mesma posição na qual tomou as decisões que fizeram seu passado ser o que é.

O seu tempo é algo tão precioso e tão curto que não deve ser desperdiçado com coisas que não lhe fazem bem. Invista seu tempo em coisas que você gosta de fazer, passe seu tempo com pessoas que gostam da sua companhia, aprenda coisas que te interessam para que seu tempo seja bem aproveitado e não esqueça de que é um recurso que não pode ser recuperado. Dinheiro, bens materiais e qualquer coisa do tipo pode ser conquistada com esforço e certamente exigem tempo, mas o seu tempo, a sua vida, tem um prazo de validade e tudo o que você fizer entre seu nascimento e a sua morte será conhecido como o seu legado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑