O Despertar de Loudaan

No mundo de Ayla a magia foi a responsável por tudo e está presente no âmago de cada elemento que compõe o planeta. Os animais, as plantas e até os seres inteligentes de Ayla são feitos de magia e esta, por sua vez, é chamada de Essência. Logo nos primórdios da criação deste pequeno universo, os oito aspectos brutos da Essência despertaram sua consciência e moldaram sua própria realidade. Entre eles estava Zeit, o primeiro e, até então, único Arcano Adivinho.

Ponderado e sempre tecendo as linhas do destino, Zeit sempre foi um deus bom e justo mesmo entre os seus irmãos e irmãs. Era sempre procurado para aconselhar as decisões de seus companheiros de panteão e os mortais que desejam sorte, longevidade e uma boa vida, aderem a sua religião em busca disso ao passo que ajudam outras pessoas. O destino é algo incerto para todos os seres mortais. Entretanto, Zeit sabia que o único dentre seus irmãos no qual poderia confiar era Kosmo, o Convergente. Por isso, em uma realidade atemporal, Zeit convidou Kosmo para uma conversa.

Kosmo, o Convergente, era o mais jovem dos deuses do panteão. Ele foi o resultado da combinação das essências latentes de seus irmãos que moldaram tanto a sua vida em perfeito equilíbrio quanto o planeta de Ayla. Ao receber o convite de Zeit para uma conversa amistosa, Kosmo aceitou prontamente e foi ao encontro de seu irmão adivinho. Recepcionado por celestiais, Kosmo foi encaminhado ao Palácio do Tempo, local de repouso de Zeit, no Plano da Adivinhação. Os irmãos se abraçaram e então Zeit chamou Kosmo para caminhar.

– Convergente, eu fico feliz que tenha aceitado meu convite. Há muito para conversarmos sobre o que há de acontecer no mundo que compartilha da mesma essência da qual você é composto.

– Eu agradeço, Adivinho. Todavia, temo que não veio apenas me contar as maravilhas que os mortais farão em nossos nomes. Se eles compartilham de minha natureza, acredito que muitos outros compartilhem de sua essência assim como compartilham das essências de nossos irmãos. Sinto falta de Bukuri. Ela está sempre passeando por Ayla.

Zeit parou de andar quando chegou ao Templo das Ampulhetas. O local estava cheio de celestiais e anjos trabalhando para proteger as vidas mortais devotas de Zeit. Eles também gerenciavam as areias do tempo. Algumas das ampulhetas eram maiores do que outras. Kosmo notou pequenos sacos de areia sendo despejados em ampulhetas pequenas e logo compreendeu que novas formas de vida estavam se formando em Aylin.

– Kosmo, meu irmão, aqui é definido o destino das vidas mortais. Elas tem um começo, um meio e um fim. No entanto, quero lhe mostrar algo que definirá os mundos e isso, certamente, destronará cada um de nós.

– Como assim destronar? – indagou o Convergente. – Onde você pretende chegar com isso, Zeit?

– O que eu estou prestes a lhe mostrar revelará a única chance que os mortais terão de evitar que uma criatura assuma o posto de Bazz antes do momento derradeiro.

Zeit e Kosmo caminharam por mais algum tempo até a Aurora dos Ciclos, o local do universo no qual os anéis primordiais definem como as coisas funcionam nesta realidade. Diante das deidades, estavam o Ciclo da Penumbra, o mediador da luz e das trevas, o Ciclo da Descoberta, o mediador da enganação e do conhecimento, o Ciclo da Tempestade, aquele que limita a natureza mortal e a magia arcana, e o Ciclo da Existência, aquele que contempla a vida e a morte. A visão dos anéis girando na Centelha do Ocaso era terrivelmente magnífica. Zeit ficou entre Kosmo e o artefato.

– Ouça com atenção, Kosmo. Quando o Dracolich for derrotado em uma explosão arcana, as Capitais Lunares ganharão um poder inigualável na superfície sobre a Essência. Nas entranhas de cada um dos povos de Ayla, uma semente do Dracolich florescerá e dará início a uma era de horror e trevas que ficará conhecida como Renascimento Profano. Após a Ascensão do Dracolich ao posto de Arcano Necrótico, você deverá entregar sua essência à criatura que compreender os mistérios da Rocha Cromática com a qual Magni lhe presenteou e, se for digna, será a responsável por limpar o mundo das profanações do Dracolich.

Kosmo se atentou as palavras de Zeit e começou a refletir sobre tudo. Foi então que se lembrou de algo que seu irmão havia dito sobre a criatura que poderia impedir tal profecia.

– Zeit, irmão, você disse anteriormente que há uma criatura que pode evitar que tamanha desgraça aconteça. Poderia me dizer quem é e como podemos ajudá-la a evitar que isso destrua tudo o que construímos desde o início dos tempos?

– Não, mas posso dizer para ela.

Acompanhada de uma serpente espectral, uma mulher de pele escura como ébano e olhos verdes como esmeralda de aproximou dos deuses. Ela abraçou Zeit e beijou a testa de Kosmo quando os cumprimentou. Bukuri, a Arcana da Enganação, falou e sua voz era suave como a brisa de primavera.

– Diga-me, Zeit, qual é a profecia sobre meu domínio?

– Um espírito feito de essência natural será responsável por dominar os poderes divinos por meio da essência de Kosmo utilizando os poderes da Rocha Cromática. O nome do espírito é Loudaan e ele assumirá as formas dos seres que estão sob sua proteção. O Despertar de Loudaan acontecerá uma vez por era e seu espírito será indestrutível.

Com o término das profecias de Zeit, as deidades deixaram o Plano da Adivinhação e voltaram para seus afazeres. Em paralelo a tudo isso, em uma caverna protegida por druidas, ouviu-se o choro de uma criança de pele clara com Essência da natureza. A brisa das estações e os elementais a abençoaram e guiaram com sabedoria e conhecimento sobre o mundo. A própria Bukuri visitou a criança enquanto ela crescia e viu seu espírito se desenvolver. Depois do fim da Gurra das Feras, Loudaan despertou em Ael’Fellor e comunicou os seus guardiões.

– Aguardem pacientemente a chegada de Baruk de Bahxis com as novas reencarnações dos Campeões Lunares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: