Um leão por dia

A vida cotidiana não é fácil e cada um de nós está lutando por algo. Algumas pessoas estão disputando vagas de emprego, outras disputam números de seguidores em redes sociais, algumas procuram clientes para seus negócios ou financiadores para seus projetos. Não estou falando de competição, mas sim que todo mundo está em busca de algo para suprir alguma necessidade desde as mais básicas até as mais superficiais. Eu acho que é por isso que as pessoas falam aquela frase popular que é “matar um leão por dia”.

Quantas vezes os problemas do dia a dia não te deixa tenso ou talvez até estressado com alguma situação? Talvez isso seja uma constante na sua vida ou apenas um momento ruim que te faz lembrar de mais coisas péssimas. Só que no momento em que você chega em seu local de descanso como a sua casa ou algum cantinho só seu como um quarto, um ateliê ou a prática de algum passatempo como artes marciais, jogos online ou uma conversa com alguns amigos, você certamente sente que não está mais sozinho e que sua luta vale a pena.

Os problemas da vida existem ainda que não nos demos conta que eles estejam ali. Muitas pessoas têm problemas realmente graves como não ter o que comer ou onde morar enquanto que os problemas de pessoas cujas necessidades básicas já são supridas são outros. Perder dinheiro em investimentos, ser demitido quando está prestes a conseguir uma promoção ou qualquer coisa do mercado pode ser um problema. O que “diferencia” as pessoas que conseguem das que não conseguem é o tal do leão que deve ser morto todos os dias.

Como você reage quando você precisa lidar com algum problema? Não faz diferença se é um problema pessoal, profissional, conjugal ou processual. Todo mundo tem que lidar com esse tipo de coisa e a forma como reagimos diz muito sobre quem somos. Quando mais novo, eu não sabia lidar muito bem com a frustração como a maioria dos adolescentes que acreditam que qualquer problema vai ser o fim do mundo e hoje, um pouco mais experiente, eu tenho um pouco mais de propriedade para dizer que não há nenhum problema que não possa ser resolvido, superado ou ignorado em alguns casos extremos. Não estou dizendo para ser negligente porque isso é babaquice.

Problemas simples como discussões, problemas de relacionamento de qualquer tipo, demissão, cansaço, estresse e coisas do cotidiano podemos sempre ser resolvidas com um desabafo sincero e, de preferência, educado para que se possa achar uma solução viável e inteligente. Situações que podem ser grandes problemas para algumas pessoas são apenas uma pequena pedra no sapato de outra e isso é algo que precisa ser lidado com dois pesos e duas medidas. Uma vez que você consiga lidar com as coisas da vida por meio de uma conversa, os leões que acordam contigo todos os dias podem acabar se tornando inofensivos. Tudo o que você precisa saber é como domar para não matar.

Minha visão de mundo para lidar com problemas é um pouco simples e isso geralmente me faz parecer uma pessoa fria. A pergunta que eu sempre me faço quando alguma coisa acontece é bastante direta: Esse problema tem solução? Se a resposta for sim, eu dou um jeito de resolver, mas e não houver como lidar, eu ignoro e sigo com a minha vida. É uma das formas que eu encontrei para colocar em ordem minha saúde mental e confesso que funcionou muito bem. Por outro lado, existe um outro método que eu aplico com frequência para quando sim e não são respostas vagas.

Quando alguma situação exige algum nível de mediação ou até um processo mais complexo para ser lidado, eu claramente preciso tirar um tempo para fazer qualquer coisa que não tenha a ver com a minha rotina normal. Ouvir música é uma dessas coisas junto com assistir séries, dirigir e andar de bicicleta. Abstrair problemas para analisar de um ponto de vista distinto, falar com alguma pessoa para se distrair ou sumir um tempo das redes sociais pode te ajudar a entender o que está acontecendo dentro de si mesmo. Nem todo problema que aparece na sua frente precisa ser lidado de imediato se não for uma situação de vida ou morte e se também não colocar em risco algum processo vital.

Encarar problemas é uma parte da vida, mas se não fizer com calma e elegância você certamente vai ficar estressado, ansioso e terá graves problemas em um futuro não muito distante. Não há necessidade de desespero quando se pensa com alguns minutos em como ou em quem pode te ajudar a lidar com a situação que está tirando a sua paz. Nem todo leão precisa ser morto no momento no qual ele te dá o bote quando se sabe como domá-lo, prendê-lo ou afastá-lo de uma maneira saudável, tranquila e sem causar grandes dores de cabeça. Problemas existem e precisamos lidar com eles para não se tornarem bolas de neve.

Sejam seus problemas ferozes como leões ou pequenos como as moscas que aparecem quando você apara a grama de um quintal, é importante priorizar e saber quais devem ser lidados imediatamente e quais podem esperar um tempo para serem resolvidos. Você é a melhor pessoa para saber como lidar com as situações da sua vida porque só você sabe como se sente em relação a tudo o que está ao seu redor. É complicado entender quando se é mais novo, mas o tempo não cura feridas porque, assim como um professor, o tempo te ensina como encarar os problemas.

Agora, para refletir um pouco, seus problemas podem ser resolvidos se você pensar com carinho e com calma sobre cada um deles. Listas costumam ajudar muito para que você não se perca em sua organização. Sendo assim, fica um conselho final: se não conseguir resolver alguma coisa por conta própria, procure pessoas que já passaram pela mesma situação e veja como elas lidaram com esses leões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑