A importância de um passatempo

Todo mundo gosta de relaxar e isso é algo extremamente necessário. É algo tão importante que seu próprio corpo te coloca para dormir quando suas energias estão chegando ao limite seja por cansaço físico ou mental. No entanto, depois de um dia de estresse ou de uma semana complicada, é normal querer um tempo para fazer alguma coisa que você gosta de fazer para se conectar consigo mesmo e isso deixa as coisas mais leves, mais calmas e te ajuda a manter o equilíbrio porque a vida é mais do que trabalhar e pagar contas.

Existem diversos tipos de passatempos. Alguns eu sei que meus amigos praticam e outros que eu mesmo tiro algumas horas do meu dia para me dedicar. Por exemplo, eu tenho o hábito de ler e conversar pelas redes sociais durante a semana, tiro algum tempo para jogar RPG ou algum jogo online, desenhar da forma mais tradicional possível porque eu acho que é bastante terapêutico usar o lápis e o papel para fazer alguns rabiscos e há certas coisas que eu escrevo apenas para mim em um caderno velho que eu comprei há muitos anos. Fazer essas coisas me ajuda a manter a sanidade, mas há outras coisas que também podem ajudar.

Todo mundo já teve um momento ruim que foi transformado em algo maravilhoso porque ouviu uma música um pouco mais animada e enérgica. Já aconteceu isso contigo, comigo e com as pessoas ao seu redor também. Sempre vai existir uma música que você carrega para a vida toda por algum motivo só seu. É como se o artista que a compôs estivesse conversando contigo enquanto estava escrevendo a letra e pensando em cada nota da partitura que te deixa em um estado de espírito que, mesmo que você saiba colocar em palavras, é difícil de explicar. Acho que o mesmo sentimento se aplica quando assistimos alguma coisa ou lemos algum livro, mas a mente não é a única coisa que deve ser exercitada.

Praticar alguma atividade física, independente de qual seja, é uma coisa importante para manter a saúde em dia e um corpo funcional. Claro que isso parece conversa de médico e nutricionista, mas não deixa de ser uma verdade no final das contas. Hoje em dia, com tantos aplicativos e jogos que permitem fazer exercícios em casa é complicado negar que não há tempo para fazer algum exercício. Conheço pessoas que usam uma bicicleta durante a semana para trabalhar, outras vão caminhando para o trabalho e algumas tem tempo para ir a uma academia e fazer exercícios regularmente. Seja por saúde ou por estética, qualquer atividade física ajuda uma pessoa a se sentir bem consigo mesma além de muitos outros benefícios como uma melhor oxigenação do cérebro, por exemplo.

Eu falei sobre as atividades que todo mundo pode fazer sozinho, mas há outras que podem ser tão interessantes quanto essas que você pode fazer em grupo, seja com amigos ou com as pessoas que conhecer no local. Cursos, palestras, algum esporte coletivo como futebol, vôlei e basquete, jogar aquele RPG de mesa maroto, ir ao cinema ver alguma estreia, reunir um pessoal para jogar alguma coisa. Todas essas coisas podem ser feitas online hoje em dia, exceto pelos esportes coletivos. Passar algum tempo com as pessoas que você ama também é uma forma de se distrair e esquecer um pouco dos problemas do dia a dia. Sempre que eu posso eu chamo algumas pessoas para conversar e dou algum sinal de vida para saber como a pessoa está ou se precisa de alguma coisa, mas na maior parte do tempo é só para jogar conversa fora.

Ainda que você seja apaixonado pelo seu trabalho e que queira fazer o que ama o tempo inteiro, ter um tempo para fazer qualquer outra coisa que não tenha nada a ver com a sua profissão é extremamente importante para que você não fique sobrecarregado e não sofra nenhum tipo de dano mental ou físico por causa do excesso de esforço. Fazer pausas é importante para ser mais produtivo e eu não recomendo que ninguém trabalhe como um doido para fazer com que as coisas funcionem a menos que você queira fazer isso. Trabalhar é algo bom e eu recomendo que qualquer pessoa faça isso. Quando dizem aquela frase “Quando se é bom em alguma coisa, nunca faça de graça”, é uma verdade que eu acredito que deve ser seguida, mas em momento algum você deve ser escravo do dinheiro, do trabalho, de um chefe ou de qualquer coisa que limite seu potencial. É algo que um coach ou um psicólogo diria, mas não deixa de ser uma verdade por causa disso.

A partir do momento que você fica preso em uma bolha que não deixa você ser quem é ou agir de acordo com as coisas que você acredita ser certo impedindo que você tenha tempo para cuidar de si mesmo, você vai precisar rever suas prioridades para não ficar doente e eu volto a dizer que é altamente recomendado que separe algum tempo, mesmo que seja uma horinha, para fazer algo para você e por você. Se não souber o que fazer, procure algo que nunca fez e experimente. Pode ser que você tenha uma habilidade que nem mesmo você conhece e não foi aprimorada porque você não se arriscou. Todo mundo tem vontade de fazer alguma coisa e explorar o desconhecido e não custa nada tentar.

Jamais deixe que o trabalho te sufoque e não se permita ficar exausto por causa de excesso de esforço. Cuide de si, passe tempo com as pessoas com as quais você se importa e não tenha medo de arriscar algo novo se for algo que não cause danos a você ou a qualquer pessoa que conviva contigo. Saber dividir tempo para trabalhar e tempo para descansar é algo essencial para que se tenha uma vida saudável. Cante, dance, jogue, viaje e faça sua vida ser mais do que apenas uma rotina de trabalho. Divirta-se se cuidando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: